quinta-feira, 5 de julho de 2012

Teatro Rio de Janeiro: Cinzas às Cinzas


Cinzas às Cinzas reabre a temporada de teatro no Sesc Rio Casa da Gávea no Rio de Janeiro. A partir do dia 7 de julho, os cariocas poderão mergulhar no universo de Harold Pinter. Ator, diretor, poeta e roteirista, Pinter foi um dos grandes dramaturgos do século 20 e é considerado um dos grandes representantes do teatro do absurdo junto com Eugène Ionesco. Este foi o último texto escrito por Pinter. 

Com direção de Alessandra Lima e atuação de Rafa Rodrigues e Naiumi Goldoni, Cinzas às Cinzas convida o espectador a decidir sobre o que está assistindo: realidade, alegoria, sonho ou pesadelo. A ação gira em torno da conversa entre dois personagens, Rebecca e Devlin. O diálogo é sobre o passado perturbador de um homem, que teria sido amante de Rebecca, uma figura sexualmente dominante e um oficial fascista.

O texto de Harold Pinter é povoado por visões terríveis: imagens de trens, usinas, plataformas, bebês arrancados dos braços de suas mães, enfim, as atrocidades não reveladas, os horrores dos cantos escuros da esfera do público e do pessoal.

Na definição do próprio Pinter, "Cinzas às Cinzas  parece-me passar-se debaixo de água. Uma mulher que se afoga, a mão dela que emerge das vagas, que cai fora do alcance da nossa vista, tentando alcançar outras mãos, mas sem encontrar ninguém, nem por baixo nem por cima da água, só sombras, reflexos”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário