sexta-feira, 1 de março de 2013

Yoani Sánchez: Por que ela não pode falar?


Por Calila das Mercês,
de Salvador

Yoani em Feira de Santana (BA) - 18.2.13

A blogueira cubana Yoani Sánchez despediu-se do Brasil nesta segunda-feira (25). Quem nunca tinha ouvido falar em seu nome deve ter se assustado com a “agonia” provocada com a presença dela, desde que chegou ao país (16). Ela, que aguardou durante seis anos um visto de saída, conseguiu chegar ao país, onde ficou uma semana, e tentou, sem sucesso, exibir um documentário sobre a falta de liberdade em Cuba, mostrando a violação de direitos humanos e a falta de liberdade de expressão.

Surpreendente a quantidade de pessoas na Bahia e no Brasil que são favoráveis ao regime cubano. Acredito que a multiplicidade de opiniões deve existir, mas receber uma pessoa com tanta “agonia”, eu ainda não entendi o porquê. Será que ela, por ser cubana, deve concordar com tudo que acontece onde vive? Nós, brasileiros, concordamos com tudo que incide aqui? Não é justo uma pessoa mostrar seu ponto de vista?

Confesso, que gostaria de ver esta “agonia” mais vezes, mas nas câmeras de vereadores, nas prefeituras e nas inúmeras “casas do povo” do país. Queria entender o porquê de tanta “hostilidade” com uma formadora de opinião. Por que ela não pôde exibir o documentário?

A mídia exagera? Sim. Mas, acho engraçadas as pessoas que, com tanta agressividade, relatam e brigam nas redes sociais como se fossem cubanas e ainda como se fossem ditadoras. Seria interessante uma experiência lá no país socialista e ver pessoas reduzindo os 10 pares de tênis para um único e viver com bem menos. Navegar pouco no Facebook e compartilhar menos coisas talvez seria um desafio para quem já está acostumado para não dizer “viciado”.

Às vezes, é fácil vestir a roupa de “militante” e expor ideias bonitas e bem argumentadas quando estamos distantes, sentados no nosso sofá confortável e digitando no nosso teclado ergonômico. Estamos aqui no Brasil e o que temos feito?

Che Guevara foi um dos caras mais interessantes e respeitáveis da humanidade e que hoje virou estampa de camisa para uns e ideologia para outros. E o que você tem feito além de compartilhar frases inteligentes e pensamentos de Fidel e Che?

SOBRE YOANI

Yoani Sánchez, 38 anos, licenciada em filologia, ficou conhecida em todo mundo depois de criar o blog Geração Y, com críticas aos governos de Fidel e Raúl Castro. Suas opiniões são traduzidas para 15 idiomas e rodam o mundo. Considera Cuba como ‘a ilha dos desconectados’. Ela afirma que o acesso à informação do país é muito limitado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário