domingo, 9 de junho de 2013

Teatro Rio de Janeiro: Como Nossos Pais

Pedro Neschling e Vitória Frate
(foto: Julieta Bacchin)


O Centro Cultural Justiça Federal apresenta, de 14 de junho a 21 de julho, o espetáculo “Como Nossos Pais”. O texto tem autoria e direção de Pedro Neschling, que também está no elenco ao lado de Isio Ghelman, Vitória Frate e Fabrício Santiago. A montagem, que estreou em São Paulo em novembro de 2012 e partiu em turnê pelo interior do país, chega agora ao Rio de Janeiro.

Segundo texto teatral de Pedro, essa tragédia contemporânea lança ao público um debate sobre as consequências da criação dada pelos pais no desenvolvimento do caráter de cada indivíduo. “Todos os conflitos da peça passam pela questão da paternidade. O quanto o que somos é resultado da criação que recebemos, o quanto temos capacidade de nos reinventar. É um tema universal e espero levar ao público com esse espetáculo uma reflexão sobre nossas escolhas e relações pessoais e o que podemos fazer para modificá-las e nos modificarmos”, apresenta Neschling.

Com um texto moderno e dinâmico, “Como Nossos Pais” apresenta cenas curtas que se sucedem - algumas vezes simultaneamente - e são levadas ao palco num cenário assinado pelo premiado Flávio Graff. Mais de 200 totens brancos simbolizam uma grande metrópole na qual a saga dos Kaufmann acontece. A luz assinada por Adriana Ortiz ajuda a unir o todo. “Gosto da ideia de unir a encenação de forma fluida e conceitual e nesse espetáculo busquei junto com a equipe técnica levar ao máximo essa fusão de teatro com artes plásticas, afirma o diretor.   

Além da peça, Pedro lança ainda em junho o livro do espetáculo, pela editora paulista Giostri, e estará no elenco da próxima novela da seis da Rede Globo, Joia Rara. 

Sobre o espetáculo

Ivan Kaufmann (Isio Ghelman) é um filho de imigrantes que se tornou dono de um dos maiores grupos empresariais do mundo. Tem uma relação bastante superficial com seu único filho, Luiz Eduardo (Pedro Neschling), que trabalha nas suas empresas. Os dois se encontram uma vez por mês para jantar acompanhados de belas mulheres, e a relação se resume a isso.

Um dia, Rômulo (Fabrício Santiago), filho de uma antiga empregada da mansão Kaufmann e que foi criado próximo a Luiz Eduardo, reaparece. O rapaz está prestes a se tornar pai e vem pedir emprego ao ex-patrão de sua falecida mãe. Ivan fica de alguma forma tocado pelo pedido do jovem e resolve ajudá-lo.

Quando descobre que Rômulo está trabalhando de office-boy na empresa do pai, Luiz Eduardo fica muito surpreso. Ele sabe que o “antigo amigo” andava há anos envolvido com o tráfico de drogas. Intrigado, questiona o rapaz que afirma sua vontade verdadeira de mudar de vida, agora que vai ter um filho.

Luiz Eduardo começa a se relacionar com Cléo (Vitória Frate), uma linda jovem, filha de uma família rica e desestruturada emocionalmente. E Ivan, impressionado com a dedicação de Rômulo e tomado por um repentino e profundo sentimento de revisão de valores na vida, resolve aumentar o investimento no futuro do rapaz oferecendo estrutura para que ele se torne um executivo na empresa. Isso desperta em Luiz Eduardo, que sempre se sentiu descuidado por seu pai, o mais profundo sentimento de desamparo. Já Cléo, que também se ressente da falta de carinho paterno, começa a ver Ivan com outros olhos.

A história caminha para o auge de sua tensão na medida em que Luiz Eduardo, tomado por raiva, arma uma cilada que faz com que Rômulo e sua esposa sofram um atentado. E Cléo, cada vez mais encantada, acaba se envolvendo com Ivan. A relação de pai e filho fica insustentável.


FICHA TÉCNICA

Escrito e dirigido por Pedro Neschling
Elenco (em ordem alfabética) Fabrício Santiago, Isio Ghelman, Pedro Neschling e Vitória Frate
Direção de Arte e Figurino Flávio Graff
Luz Adriana Ortiz
Diretor Assistente Paulo Mathias Jr.
Direção de Movimento Toni Rodrigues
Trilha Sonora Pedro Neschling
Projeto Gráfico Cubículo – Fábio Arruda e Rodrigo Bleque
Fotografia Marcelo Faustini
Assistente de Direção de Arte e Figurino Júlia Deccache
Direção de Produção Miçairi Guimarães
Produção Executiva Mariana Serrão
Produzido por Lucélia Santos, Pedro Neschling e Miçairi Guimarães
Realização Nesch Produções e Nhock Produções

SERVIÇO

“Como Nossos Pais”
Estreia: dia 14 de junho, às 19h
Sessão para classe: dia 15 de junho, sábado, às 19h
Local: Centro Cultural Justiça Federal (Avenida Rio Branco, 241 – Centro)
Informações: (21) 3261-2565
Horário: sexta a domingo, às 19h
Ingresso: R$30,00
Bilheteria: de terça a domingo, das 15h às 19h
Duração: 60 minutos
Capacidade: 142 lugares
Temporada: 14 de junho a 21 de julho
Classificação: 14 anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário