sábado, 16 de novembro de 2013

Pioneira em Jornalismo em Internet participa de debate na 11ª Bienal da Bahia

Por Calila da Mercês,
de Salvador


Cora Ronai
(Foto: Rogerio Ehrlich)

“Jornalismo: que profissão é essa?”: com o desafio de responder a essa pergunta, aconteceu no dia 10 de novembro, na programação da 11ª Bienal da Bahia, a mesa com o famigerado questionamento, composta pelo jornalista Jefferson Beltrão – que compõe a bancada do jornal global BA-TV - e Cora Rónai, colunista de informática do Jornal O Globo.

Como parte da programação “Território Jovem”, o debate se deu em torno do trabalho de jornalista, como se dá a formação desse profissional, se existe possibilidade de estabilidade na carreira e quais as opções do mercado de trabalho atualmente.

Considerando a grande força do web jornalismo, Cora Rónai agregou muito ao debate. Uma das primeiras usuárias de internet no Brasil, a jornalista já trabalhou em veículos de imprensa como Correio Braziliense,  Folha de São Paulo e Jornal do Brasil, no qual desenvolveu a primeira coluna sobre computação no país em 1987.

Criou o blog internETC em 2001, no qual publica "as crônicas e colunas do GLOBO, algumas pessoas, todos os bichos, muitas fotos, poucas notícias, livros, celulares, câmeras digitais, música, filmes, vida em geral.” Pioneira no uso dos celulares com câmera, publicou o livro Fala Foto, finalista do prêmio Jabuti e primeiro livro sobre a temática no Brasil. Cora Rónai também recebeu o Prêmio Comunique-se de Melhor Jornalista de Informática em 2004, 2006 e 2008.

Em cyber tempos, o público da bienal ouviu os conselhos de sucesso uma jornalista experiente e antenada. Sua passagem pela Bahia e na Bienal foi registrada através do seu instagram: instagram.com/cronai

Nenhum comentário:

Postar um comentário