quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Shows da Flica tiveram Armandinho, roda de samba e orquestra de pandeiros

Orquestra de Pandeiros de Itapuã
Foto: Calila das Mercês

Por Calila das Mercês,
de Salvador

A Flica -  Feira Literária de Cachoeira deste ano teve em sua programação paralela shows que levaram as atrações da Varanda do Sesi do bairro do Rio Vermelho em Salvador para o casarão do museu do Iphan de Cachoeira. Tocaram no local nomes como Roberto Mendes, Lazzo Matumbi e grupos como o Samba de Roda Raízes de Acupe e a Orquestra Reggae Sinfônica de Cachoeira

No sábado, 26 de outubro, o primeiro grupo a se apresentar foi a Orquestra de Pandeiros de Itapuã. Liderada por Tamima Brasil, percussionista com vasta experiência (tocou com Cássia Eller, entre outros artistas da MPB) e luthier de pandeiros, a orquestra é fruto de um projeto cultural de formação em música que envolve aulas semanais na Casa da Música de Itapuã. A sonoridade envolve ritmos tradicionais, como o forró e o samba, conduzidos por pandeiros e outros instrumentos como flauta, violão, trombone e zabumba.

O Samba de Roda de Dona Dalva deu continuidade ao evento. Grande marco da cultura popular do Recôncavo da Bahia, o grupo liderado por Dona Dalva há 53 anos formou uma grande e envolvente roda de samba de raiz demonstrando a força que esse tipo de manifestação cultural tem e terá para sobreviver frente aos percalços da modernidade.

No palco principal, o encerramento da noite musical se deu com o show Armandinho in Concert, conduzido pelo reconhecido instrumentista da guitarra baiana, Armandinho Macedo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário