quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Dois sucessos teatrais voltam a cartaz no Rio de Janeiro em janeiro

  • À Beira do Abismo Me Cresceram Asas

Texto: Maitê Proença (baseado em pesquisa e ideia de Fernando Duarte). Direção: Clarice Niskier e Maitê Proença, com supervisão de Amir Haddad. Elenco: Maitê Proença e Clarisse Derzié Luz

O texto tem como ponto de partida histórias reais colhidas em diferentes asilos do Brasil. A partir daí, criaram-se novos histórias, ideias, conceitos, costurou-se suspense com magia, brotou a dramaturgia, surgiu a peça e nasceram Terezinha e Valdina. Valdina (Clarisse Derzié Luz), de 80 anos, parece levar o dia a dia com otimismo, sem nostalgias, mas não se engane, ela carrega um grande segredo. Terezinha (Maitê), de 86, é de temperamento carrancudo ainda que bem resolvido. 

Foto: Paula Kossatz

Local: Teatro Carlos Gomes – (Praça Tiradentes, s/nº - Centro) 
Telefone: 21-3005-41014
Bilheteria: quarta a domingo, das 14h às 20h
Valor: R$ 50,00
Horário: quinta a sábado, às 20h, domingo, às 19h
Capacidade: 685 lugares
Duração: 75 minutos
Classificação: 12 anos
Gênero: comédia dramática
Temporada: de 9 de janeiro a 2 de fevereiro (exceto dias 23, 24, 25 e 26/1)

  • Gonzagão, a Lenda
Texto e direção: João Falcão. Elenco: Marcelo Mimoso, Laila Garin, Adrén Alves, Alfredo Del Penho, Eduardo Rios, Fabio Enriquez, Paulo de Melo, Renato Luciano e Ricca Barros.


Marcelo Mimoso
(foto: Silvana Marques)

Vencedor do Prêmio Shell 2012 de Melhor Música e de Melhor Produção no 7º Prêmio APTR, o espetáculo “Gonzagão – A Lenda”, de João Falcão, faz nova temporada no Rio de Janeiro. O diretor João Falcão evitou qualquer didatismo na construção do texto, optando por uma abordagem teatral, não enciclopédica, que fica explícita logo no início da peça, quando uma trupe se apresenta para contar a “lenda do Rei Luiz”, história iniciada “no sertão do Araripe lá pelos idos do século 20”. O espetáculo conta com mais de 50 canções, entre elas “Cintura fina”, “O xote das meninas”, “Qui nem jiló”, “Baião”, “Pau-de-arara” e sua mais célebre criação, “Asa branca”. 


Local: Teatro João Caetano (Praça Tiradentes s/n - Centro - Rio de Janeiro)
Temporada: De 9 a 26 de Janeiro.
Horário: Quinta, sexta e sábado às 20h. / Domingo às 19h
Ingresso: R$20,00 (inteira)/ R$10,00(meia)
Classificação: 12 anos
Duração: 80 minutos
Capacidade do Teatro: 1.127 lugares
Telefone do teatro: 21 2332-9257 
Horário de funcionamento da bilheteria: Terça a domingo, das 14h às 18h (para vendas antecipadas), ou até a hora do espetáculo para sessões do dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário