domingo, 12 de janeiro de 2014

Filme do Dia: João da Baiana



Hoje, 12 de janeiro, faz 40 anos que João da Baiana foi convocado para tocar pandeiro no céu. Personagem fundamental das cenas do samba e do choro cariocas no começo do século passado, o músico carioca foi personagem de um curta dirigido por Luiz Carlos Lacerda em 1972, intitulado Conversa de Botequim (com João da Baiana).

O curta, que você assiste acima, tem dois cenários principais - o Retiro dos Artistas, para onde João se mudara naquele ano, ao completar 85 anos, e o bar Gouveia, frequentado diariamente por Pixinguinha nas últimas décadas de vida. Pois é ali no Gouveia que Lacerda promoveu um encontro rotineiro na vida, mas raríssimo em cinema - João, Pixinguinha e Donga bebendo e conversando sobre os primórdios do samba no Rio. Pode-se dizer que Lacerda teve um timing perfeito para promover esta reunião, já que Pixinguinha morreria no ano seguinte, seguido por João e Donga em 1974. 

Na trilha, se ouvem "Cabide de Molambo", um dos maiores sucessos da carreira de João como compositor, "Alma Brasileira", de Heitor Villa-Lobos, e "Tropicália", de Caetano Veloso. Inexplicavelmente, ficou de fora o samba que é o único que muitos conhecem como sendo de João da Baiana, "Batuque na Cozinha", regravado por nomes como Martinho da Vila e Ney Matogrosso. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário