sábado, 1 de fevereiro de 2014

Cinema: Confissões de Adolescente, 20 anos depois

Por Calila das Mercês,
de Salvador

A primeira referência de Confissões de Adolescente que tenho, vem lá da década de 90, 1994 mais especificamente, quando eu ainda era criança! Foi quando rostos como o de Déborah Secco e Maria Mariana (NR: autora do livro que virou peça, série de TV e agora filmeapareceram na telinha. Pois bem, este seriado brasileiro que estreou na TV Cultura e também foi exibido na Band e no Multishow, chega agora em nova roupagem nos cinemas brasileiros.

            Confissões de Adolescente, o longa metragem, com direção de Daniel Filho e Cris d'Amato, é uma comédia dramática (ou drama com doses cômicas), em que Cássio Gabus Mendes vive Paulo, pai de quatro filhas que passa por dificuldades financeiras. As filhas, interpretadas por Sophia Abrahão (Tina), Bella Camero (Bianca), Malu Rodrigues (Alice) e Clara Tiezzi (Karina), formam um quarteto enérgico em que cada uma delas representa uma adolescente de diferente personalidade.



Dificuldade financeira, virgindade, gravidez, paixões, bulliyng, modo de falar, amizades, entre outros aspectos são explicitados sem compromisso em definir o que é certo ou errado. A ideia é, de forma rasa, apresentar sem preconceitos o momento de transição de jovens para a fase adulta. É bem verdade que ser adolescente sempre foi um conjunto de temas, tabus e dúvidas. Pode parecer clichê, mas no filme estreado este ano não há nada obsoleto ou ultrapassado das temáticas abordadas da década de 90. (Claro que há um plus tecnológico, pois vivemos o boom da internet, celulares e outras invenções que já se tornaram indispensáveis). 

Com roteiro de Matheus Souza, o longa conta a história de Paulo e suas quatro filhas que, devido ao anúncio de aumento do aluguel, tem balançada a estrutura da família. A partir daí, as irmãs decidem encontrar meios de ajudar nas despesas, começando pelo corte de gastos desnecessários. Fora isso, as garotas precisam resolver seus “tormentos” e “dúvidas” pessoais que ganham forma e são verossimilhantes para o público adolescente.

As atrizes, Maria Mariana, Georgiana Goes, Daniele Valente e Deborah Secco, que atuaram no seriado da TV, fazem participação no longa interpretando mulheres adultas que têm a ver com as personagens adolescentes que interpretavam. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário