quinta-feira, 13 de março de 2014

A mobilização pela internet livre continua!

A votação do projeto de lei do Marco Civil da Internet brasileira, previsto para acontecer ontem no Congresso Nacional, foi adiada para a próxima semana. Isto significa que você ainda pode ajudar a manter a internet do jeito que ela é hoje, em que o provedor apenas garante o acesso e você navega por onde quiser, sem restrições. Se aprovado do jeito que está redigido, o Marco Civil em tramitação no Congresso tornará a internet uma espécie de TV por assinatura, onde o valor básico garante poucos conteúdos, e tudo o mais que você quiser é pago à parte, através de pacotes "premium". Veja como colaborar com esta importante causa no texto que consta no site da Avaaz (que se define em seu site como "comunidade de mobilização online que leva a voz da sociedade civil para a política global", com quase 34 milhões de membros em 194 países, que realizaram 181 milhões de ações nos últimos 7 anos). 

***

Por uma internet livre e democrática!


ASSINE A PETIÇÃO

Aos deputados e senadores:


Exigimos que o Marco Civil da Internet no Brasil seja votado de forma integral, preservando os conceitos de neutralidade da rede, liberdade de expressão e a privacidade do usuário de internet brasileiro. Nós exigimos que V. Exas se mantenham firme contra o lobby das empresas de telecomunicações e garantam que nenhum usuário perca seus direitos por causa do lucro de empresas privadas. A internet é livre e precisa continuar dessa forma.
Atualização: 13 março 2014
Ontem, nossa enorme petição com 300 mil assinaturas foi ouvida nos corredores do poder em Brasília – até o relator da proposta mencionou nossa petição durante o debate no plenário da Câmara. No entanto, uma ofensiva desesperada para acabar com o Marco Civil forçou o adiamento da votação. Os próximos dias são decisivos para convencer os parlamentares indecisos de que precisamos ganhar - assine e compartilhe com todos para aumentar a pressão!

Há muitos anos eu me encanto com o poder da internet e a criatividade que nela circula, mas agora estou muito preocupado que isso possa acabar. A Câmara dos Deputados vai votar um novo projeto de lei que poderá declarar o fim da liberdade na rede e diminuir nosso poder de escolha. 


Já nos anos em que fui Ministro da Cultura discutíamos formas de garantir o caráter democrático e aberto da internet – dessa construção coletiva, nasceu o Marco Civil. Mas, agora, o poderoso lobby das empresas de telecomunicações está influenciando nossos políticos para que transformem a internet em uma espécie de TV a cabo, em que se poderia cobrar a mais para podermos assistir a vídeos, ouvir música ou acessar informações. A votação será apertada, mas uma grande mobilização pública pode convencer os deputados de que suas reeleições dependem desse voto! 



Junte-se a mim nesta campanha da Avaaz para criar a maior mobilização já vista por uma internet livre no Brasil. Assine agora e conte para todos. Nós levaremos a voz de todos que assinarem a petição diretamente aos parlamentares. Vamos vencer essa batalha e salvar a internet.



Gilberto Gil e a equipe da Avaaz


Nenhum comentário:

Postar um comentário