quarta-feira, 6 de maio de 2015

Espírito Santo: Conselho Estadual de Cultura volta a se reunir nesta quinta

Por Fabio Gomes


Hoje à tarde, publicamos uma crônica em que a poeta e atriz Elisa Lucinda manifestou seu apoio ao movimento Ocupa Secult. A ocupação propriamente dita se encerrou após 8 dias, mas o movimento de artistas e produtores do Espírito Santo prossegue, agora denominado Fórum Livre da Cultura Capixaba, como me informou por e-mail enviado às 20h14 o conselheiro estadual de Cultura Alessandro Chakal, que nos concedeu uma entrevista que publicamos no dia 30 (leia aqui). 

Alessandro comentou também como foi a reunião extraordinária do Conselho Estadual de Cultura, realizada na segunda, 4 de maio, não no Teatro Carlos Gomes, como originalmente previsto, mas sim no auditório da Casa de Maria, no centro de Vitória. A mudança foi anunciada pela Secult apenas uma hora e meia antes do horário previsto para a reunião (14h), o que Alessandro classifica como uma tentativa de "desmobilizar o movimento". Mesmo assim, "deu mais de 300 pessoas na Reunião". Prosseguimos com o relato do conselheiro:

Lá eu como conselheiro pedi "questão de ordem" logo no inicio para dar voz ao Movimento #OCUPASECULT, onde uma representante leu em forma de JOGRAL, junto com a platéia, a CARTA ABERTA DO MOVIMENTO AO CEC, onde constam as principais (mas não únicas) reivindicações.





Depois foram 3 horas de falas de Artistas, Produtores, Conselheiros e Cidadãos massacrando as posturas antidemocraticas e anti-culturais do Secretário e do Governo do Estado.

O Secretário de Estado da Cultura (Presidente do CEC), se eximiu de todas suas funções, e nas 3 pequenas falas que fez, disse apenas que não podia decidir nada sozinho, e que iria levar as questões ao Governador, e já na quinta-feira, quando ocorrerá a Reunião ORDINÁRIA do CEC, ele daria as respostas às perguntas e exigências feitas, e anunciaria quais procedimentos estariam sendo adotados pelo Governo para nossas demandas.

Aí eu ainda solicitei que a próxima reunião fosse no Teatro Carlos Gomes (repudiando a manobra desmobilizadora deste dia), mas não aceitou, com respostas vagas.

Acabou que 24h depois anunciaram que a Reunião ORDINÁRIA do CEC seria nesta 5ª feira, 14h, no PALÁCIO DA FONTE GRANDE, em Vitória, onde funciona de fato o Gabinete do Governo do Estado.

A reunião começou às 14h20 e foi até às 17h.  (Foto: Arquivo Pessoal/ Anderson Bardot)
Foto: Anderson Bardot

***
  • Em matéria publicada pelo G1 Espírito Santo na noite de segunda, 4, consta a seguinte justificativa oficial para mudança de local da reunião: De acordo com a Secult, o local foi mudado devido ao número de participantes confirmados na reunião por meio das redes sociais. Para a secretaria, o Theatro Carlos Gomes, onde de ínicio seria a reunião, não comportaria a todos.
  • A área de notícias do site da Secult nada comentou sobre os oito dias de ocupação do prédio-sede do órgão. E dedicou apenas 4 linhas à notícia da marcação da reunião do dia 4 (link da postagem original):

Notícias



***

O mesmo não se pode dizer da reunião de amanhã, que tem nada menos de três postagens no site da Secult:

  •  a primeira, de 30/4, apenas informa que a reunião seria no dia 7, às 14h (veja aqui)
  • a terceira, de 5/5, repete essas informações, acrescentando o local - o auditório do Palácio da Fonte Grande, fixando também o horário de encerramento (17h). (veja aqui)
A segunda postagem eu preferi transcrever abaixo, pois ela é bem mais detalhada que as outras duas. Ela foi postada no dia 4 de maio às 12h45, portanto 1h15 antes do início da reunião na Casa de Maria, e já fixa a pauta do encontro de amanhã, com o respectivo tempo de debate para cada assunto. Veja a notícia no site da Secult clicando aqui.

Notícias








73ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Cultura

  •  
  •  
A Secretaria de Estado da Cultura convida para a 73ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Cultura - CEC, a realizar-se no dia 07/05/2015 (quinta-feira), das 14:00 às 17:00 horas, no Auditório do Palácio da Fonte Grande, no Centro de Vitória/ES, conforme pauta abaixo:
1.    Apresentação do orçamento da SECULT;
·         Tempo: 60 minutos.
2.    Informes sobre o Sítio Histórico de São Mateus;
·         Tempo: 30 minutos.
3.  Encaminhamento das questões propostas na 14ª reunião extraordinária do CEC;
·         Tempo: 60 minutos.
4.     Assuntos gerais:
·         Tempo: 30 minutos.













***

A página do evento no Facebook, criada pelo Fórum Livre da Cultura Capixaba, recomenda aos participantes atenção com o traje (já que não é permitido o ingresso no Palácio de visitantes usando bermuda) e acrescenta a lista de reivindicações que encerrou a Carta Aberta vista no vídeo acima:

+ PRIMEIRO: Da necessidade de formalização e execução do Fórum Estadual Permanente de Cultura do Espírito Santo com
representações governamentais, civis e populares;
+ SEGUNDO: Comprovação pública da existência da conta e CNPJ do FUNCULTURA;
+ TERCEIRO: Prestação de contas detalhada e pública na reunião do Conselho Estadual de Cultura da parceria entre o Governo do
Estado e Instituto Sincades;
+ QUARTO: Publicação imediata da portaria de criação da comissão cultural de análise de portos aprovada por unanimidade há
dois anos no Conselho Estadual de Cultura;
+ QUINTO: Criação imediata do Instituto de Patrimônio Cultural do Espírito Santo e reforma do Conselho Estadual de Cultura;
+ SEXTO: Destinação de 11 milhões em verbas públicas do Governo do Estado do Espírito Santo aos editais FUNCULTURA 2015;
Estes 11 milhões significam manutenção do orçamento de 2014 de 8 milhões e adicional de 3 milhões para as novas modalidades de editais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário