terça-feira, 30 de junho de 2015

Goiás: Culturas tradicionais se encontram há 15 anos na Chapada dos Veadeiros

Mastro Kalunga 
(foto: Delcio Gonçalves)


A décima quinta edição do Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros já tem data marcada. As atividades começam no dia 17 de julho (sexta), na Vila de São Jorge – Alto Paraíso (GO) com a nona edição da Aldeia Multiétnica. A partir do dia 24, muitas atividades espalham-se por São Jorge, pequena vila de ex-garimpeiros, localizada na entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO). Serão shows, oficinas, Rodas de Prosa (nome dado aos debates que reúnem representantes do poder público, mestres da cultura tradicional e sociedade), intervenções artísticas, além de uma programação especial voltada ao público infantil.

O Encontro de Culturas, que recebe todos os anos milhares de pessoas na segunda quinzena de julho, há 15 anos se empenha em divulgar o tradicional e o regional de todo o Brasil e, em especial, da região da Chapada dos Veadeiros. A singularidade de cada grupo participante transforma o evento em um espaço de encontros entre os mais diferentes povos e comunidades tradicionais. Encontros musicados, dançantes. Momentos de reflexão e confraternização entre indígenas, mestres, brincantes, catireiros, violeiros, artistas populares, pesquisadores e governo. O Encontro de Culturas é hoje uma representação clara da riqueza do patrimônio cultural imaterial produzido nos recônditos do país. A expectativa da produção do evento é receber cerca de 30 mil turistas este ano.

Reconhecido nacionalmente, o Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros terá como temática central em 2015 a "Sociobiodiversidade", tema fundamental para a manutenção de culturas tradicionais que dependem da cultura do manejo, da agricultura familiar e da inclusão produtiva para subsistência.

Durante toda sua história, o Encontro de Culturas se esmera em reforçar que a cultura tradicional excede conceitos. Este ano, em tempo de fazer uma profunda análise nos caminhos da legislatura nacional, é observada a falta de investimento e proteção às culturas que, por lei, deveriam ser resguardadas no Brasil. Assim sendo, garantir formas de organização, priorizando os direitos dos povos e comunidades tradicionais é, mais do que nunca, um dos grandes objetivos do evento. Dessa forma, o 15º Encontro de Culturas será dividido em 5 subtemas, sempre relacionados à cultura: Cultura e Pensamento, Cultura e Infância, Cultura e Alimentação, Cultura e Diversidade, e Cultura e Saúde.

O Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros é sobretudo um espaço para se pensar e se debater políticas públicas para povos e comunidades tradicionais. Com isso espera-se alavancar a economia dessas comunidades, inserindo-as socialmente e incluindo-as economicamente.
Atrações

O Encontro de Culturas Tradicionais nasceu para abrir espaço e novas perspectivas para comunidades da região da Chapada dos Veadeiros. Desde a primeira edição do evento apresentam-se no local a Caçada da Rainha de Colinas do Sul, a Comunidade do Sítio Histórico Kalunga, o Congo de Niquelândia, a Folia de Crixás e os indígenas da etnia Krahô (TO).

Caçada da Rainha
(foto: Marcelo Scaranari)


Além destes grupos que marcarão presença na Vila de São Jorge para celebrar os 15 anos de Encontro, outros cinco serão selecionados, por meio de edital, representando cada uma das regiões do país. Durante um mês, cerca de 400 grupos de cultura popular e tradicional se inscreveram buscando espaço para se apresentar no evento. O resultado da seleção será divulgado na próxima semana.


9ª Aldeia Multiétnica (fotos: Delcio Gonçalves)



Em sua nona edição, a Aldeia Multiétnica será realizada de acordo com os princípios tradicionais dos povos indígenas. O público terá a oportunidade de vivenciar o dia-a-dia de uma aldeia, conhecer cantos, rituais, culinária, diferentes estilos de pinturas corporais, além de participar debates sobre políticas públicas para os povos indígenas. No local já foram construídas quatro casas tradicionais indígenas, uma Xinguana, uma do povo Krahô, uma do povo Kayapó e outra dos Fulni-ô. Todos terão representantes na edição deste ano. 

Outra novidade desta edição é a criação de um espaço para camping para os participantes interessados em ampliar sua vivência com os povos indígenas no local. Para isso, foram desenvolvidos pacotes que, além de hospedagem, incluem alimentação. Todo o dinheiro arrecadado com a venda dos pacotes será destinado ao traslado dos indígenas, que, em sua maioria, vivem em aldeias de difícil acesso, e à manutenção do espaço.


A Aldeia ficará aberta à visitação do público das 13h às 18h e oferecerá estrutura de restaurante e lanchonete com comidas tradicionais, leituras especializadas sobre povos tradicionais, videoteca, mostra de filmes na oca Xinguana e atividades para crianças. Além de conhecer um pouco da cultura indígena, na Aldeia também pode-se tomar um delicioso e relaxante banho de rio.


Rodas de Prosa e Oficinas

As Rodas de Prosa realizadas pelo Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros são uma oportunidade para grupos, mestres, poder público e comunidade trocarem experiências e confrontarem suas visões de mundo, priorizando a abertura de um espaço de encontros e diálogos entre os povos. O objetivo é partilhar experiências, histórias de vida, práticas e tradições culturais.

Durante o evento também são oferecidas diversas oficinas, ligadas à Feira de Oportunidades Sustentáveis que, pelo segundo ano consecutivo, terá o patrocínio do Sebrae. A proposta das oficinas e vivências é colocar o público em contato com os ofícios e a expressiva arte dos mestres da cultura tradicional e popular, seja por meio da música, dança, confecção de instrumentos, culinária ou medicina tradicional.

Serviço

15º Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros.
Quando? 17 de julho a 01 de agosto de 2015
Onde? Vila de São Jorge, Alto Paraíso, Goiás
Site: http://www.encontrodeculturas.com.br


Sussa
(foto: Anne Vilela)

Nenhum comentário:

Postar um comentário